Feliz Ano Novo

QUE 2008 SEJA UM ANO MELHOR PARA TODOS NÓS.
MUITA SAÚDE, PAZ E SUCESSO!
ABRAÇOS
JORGE TADEU


Escrito por Escrito por Jorge Tadeu às 13h26
[] [envie esta mensagem] []



UM FELIZ NATAL E UM ÓTIMO 2008 PARA VOCÊ!



Escrito por Escrito por Jorge Tadeu às 03h03
[] [envie esta mensagem] []



Retrospectiva 2007

Dois mil e sete foi o ano em que um avião saiu da pista de Congonhas, em São Paulo, durante o pouso, cruzou a avenida Washington Luís pelo alto e se chocou com um prédio. Cento e noventa e nove pessoas morreram no pior acidente aéreo da história do Brasil. (ao lado, você pode ver a primeira notícia sobre o acidente na edição do Jornal Nacional de 17 de julho de 2007). Também em São Paulo, um canteiro de obras do Metrô desabou e provocou a morte sete pessoas.

Entre nós, o Papa alertou aos traficantes que eles terão de “prestar contas a Deus” e, diante dos nossos olhos, policiais e traficantes acertaram as contas em confrontos abertos nas telas - sob a ótica de um certo Capitão Nascimento - e nas grandes cidades. Neste ano que se encerra, o Brasil deu adeus a um menino, João Hélio, arrastado por sete quilômetros nas ruas do Rio.

De Brasília a Bali, foram ainda 12 meses em que cientistas, artistas, políticos e até um urso polar de Berlim não deixaram ninguém esquecer que o mundo continuou a esquentar.


Veja abaixo mais informações divididas por tema.

Fonte: G1


Escrito por Escrito por Jorge Tadeu às 02h44
[] [envie esta mensagem] []



Retrospectiva 2007: Brasil

O ano de 2007 chega ao fim marcado por mais uma tragédia na aviação brasileira. Depois do avião da Gol que caiu em Mato Grosso, em setembro de 2006, deixando 154 mortos, o país assistiu estarrecido a mais um desastre aéreo, desta vez bem no meio da cidade de São Paulo. Em 17 de julho, um avião da TAM não conseguiu pousar no Aeroporto de Congonhas e bateu em um prédio da própria empresa, deixando 199 mortos.

Já no início do ano, a cidade de São Paulo parou para acompanhar a retirada de um microônibus e a busca por vítimas na cratera que se abriu em uma obra do Metrô. Sete pessoas morreram. Um choque de trens no subúrbio do Rio, em agosto, deixou oito mortos e pelo menos 101 pessoas feridas.

A morte do menino João Hélio, arrastado por um carro dirigido por criminosos em fuga no subúrbio do Rio, chocou o país no início de 2007 e motivou uma série de manifestações contra a violência.

Principais destaques de 2007:

ACIDENTE DA TAM

O acidente com um Airbus A320 da TAM matou 199 pessoas. Entre as vítimas, passageiros do avião e pessoas que estavam no prédio contra o qual a aeronave se chocou, na Avenida Washington Luís, na Zona Sul de São Paulo. O acidente ocorreu logo após uma tentativa de pouso no Aeroporto de Congonhas, no dia 17 de julho de 2007. A aeronave havia partido de Porto Alegre. O acidente foi o maior da aviação comercial no país e motivou várias mudanças na malha aérea.

Assista a reportagem

CRATERA DO METRÔ

Sete pessoas morreram em um desabamento em 12 de janeiro de 2007, em meio às obras da Linha 4 do Metrô de São Paulo. O acidente fez com que surgisse uma cratera de 80 metros de diâmetro no local onde será a futura Estação Pinheiros, na Marginal Pinheiros, Zona Oeste da cidade. Entre as vítimas estavam pessoas que passavam pela região, além do motorista e do cobrador de um ônibus. O resgate dos corpos demorou 13 dias e exigiu esforços de especialistas dos bombeiros e o uso de cães farejadores.

Assista a reportagem

MORTE DE JOÃO HÉLIO

Na noite do dia 7 de fevereiro, Rosa Cristina Fernandes voltava para casa com os filhos Aline, 14, e João Hélio, 6, quando foi abordada por homens armados que roubaram seu carro, no subúrbio do Rio. Antes que a mãe tirasse João Hélio do carro, os assaltantes arrancaram. Preso do lado de fora, o menino foi arrastado por 7 km. Dos cinco criminosos, quatro, maiores, ainda aguardam julgamento. Um menor cumpre medida sócio-educativa de internação.

Assista a reportagem

CHOQUE DE TRENS

Oito pessoas morreram e 101 ficaram feridas no choque entre dois trens no dia 30 de agosto em Austin, Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Os trens se chocaram num entrocamento de duas linhas, no momento em que um deles trocava de linha.



Escrito por Escrito por Jorge Tadeu às 02h41
[] [envie esta mensagem] []



Retrospectiva 2007: Mundo

Cercados de muita polêmica, bilhões de dólares em petróleo e até atos de violência, os governos de esquerda na América Latina foram os grandes destaques da imprensa internacional em 2007. O venezuelano Hugo Chávez tentou mudar a Constituição do país e aprovar a reeleição ilimitada, mas perdeu no voto popular. E após envolver-se em uma discussão com o rei da Espanha, ouviu a frase que marcou o ano: "Por que você não se cala?".

O presidente boliviano, Evo Morales, também causou polêmica com sua proposta de mudar a Constituição -e deixou o país dividido. Na Argentina, tomou posse Cristina Kirchner, a primeira presidente do sexo feminino a ser eleita pelo voto popular.

Mas foi uma garotinha de quatro anos de idade que comoveu o mundo em 2007: Madeleine McCann, a menina britânica desaparecida desde o dia 3 de maio. Sua busca levou a uma mobilização jamais vista, em que artistas, jogadores de futebol e famosos de todos os quilates cederam sua imagem gratuitamente. Seu paradeiro segue um mistério.

Principais destaques de 2007:

HAMAS TOMA GAZA E DIVIDE PALESTINA

O Hamas declarou vitória sobre seus rivais da Fatah em 14 de junho, afirmando que a tomada de um importante complexo de segurança da facção palestina significava a "libertação" de Gaza.

Embora forças leis ao presidente Mahmoud Abbas permaneçam em outras três importantes bases na Faixa de Gaza, incluindo o complexo presidencial, o Hamas declarou vitória de suas forças.


ATIRADOR MATA 32 EM UNIVERSIDADE AMERICANA

Trinta e três pessoas foram mortas a tiros no dia 16 de abril, incluindo o suspeito de ser o autor dos ataques, em um tiroteio na Universidade Virginia Tech

O ataque teve repercussão nos quatro cantos do mundo e foi o pior em um campus na história dos Estados Unidos.

Assista a reportagem

Chávez perde o referendo na Venezuela

Numa votação extremamente disputada, a população venezuelana rejeitou a reforma constitucional proposta pelo presidente Hugo Chávez , no referendo realizado em 2 de dezembro.

O Conselho Nacional Eleitoral anunciou os resultados durante a madrugada, mais de 8 horas depois do fechamento das seções eleitorais.


Fonte: G1


Escrito por Escrito por Jorge Tadeu às 02h40
[] [envie esta mensagem] []



Retrospectiva 2007: Política

Em 2007, três ministros deixaram o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva: Silas Rondeau, do Ministério de Minas e Energia, Waldir Pires, da Defesa, e Walfrido dos Mares Guia, das Relações Institucionais.

No Congresso, o governo teve que lidar com CPIs sobre a crise aérea na Câmara e no Senado, com uma onda de denúncias contra o então presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e com a derrota na tentativa de prorrogar a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).

No Judiciário, o Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou a denúncia da Procuradoria da República sobre o mensalão. Outro ‘mensalão’ chegou à Justiça: um esquema que teria ocorrido em Minas Gerais. Os tribunais superiores também ocuparam o noticiário com decisões que colocaram limites às trocas de partido.

Principais destaques de 2007:

AS DENÚNCIAS CONTRA O SENADOR RENAN CALHEIROS
Durante quase seis meses, o Senado viveu uma crise envolvendo o então presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL). Ele foi alvo de seis processos no Conselho de Ética. Por duas vezes, o plenário do Senado absolveu Renan e preservou seu mandato. Em dezembro, renunciou à Presidência do Senado.

Assista a reportagem

JUDICIÁRIO DEFINE REGRAS PARA FIDELIDADE PARTIDÁRIA

O Supremo Tribunal Federal (STF) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) alternaram-se na tarefa de definir regras para a troca de partido. A discussão começou quando o TSE decidiu que mandatos de deputados e vereadores pertencem aos partidos, e não aos eleitos. Em outubro, coube ao STF definir a partir de quando valeria a regra. Em seguida, o TSE ampliou a decisão para prefeito, governador, senador e presidente da República.


STF ABRE PROCESSO CONTRA 40 POR ENVOLVIMENTO NO MENSALÃO

Em agosto, o Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou a denúncia da Procuradoria-Geral da República contra os 40 denunciados no esquema do mensalão. Entre os réus, nomes que fizeram parte da cúpula do governo e do PT, como o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e o ex-presidente do partido José Genoino, personagens centrais do escândalo, como o publicitário Marcos Valério e o deputado cassado e presidente do PTB Roberto Jefferson.


Outro fato que marcou o ano

01/01/2007 - Lula toma posse para o segundo mandato

Fonte: G1


Escrito por Escrito por Jorge Tadeu às 02h40
[] [envie esta mensagem] []



Retrospectiva 2007: Economia e Negócios

O ano de 2007 deve ficar marcado como um dos melhores para a economia brasileira, com a expansão do crédito, do setor imobiliário e os recordes da Bolsa de Valores. Por outro lado, a crise do mercado imobiliário dos EUA surgiu como ameaça que pode atrapalhar o Brasil no momento em que o país começa a crescer de forma mais vigorosa.

Entre as empresas, a Petrobras dominou o noticiário, tanto pelas novas descobertas e aquisições como pela crise do gás natural na Bolívia. Também teve fim a crise da Varig, mesmo em ano ruim para o setor aéreo, com o fim da BRA, apesar dos milhares de brasileiros que viajaram para aproveitar o dólar baixo no exterior.

Para o governo, o ano que começou com o lançamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) termina com a derrubada da CPMF pelo Senado.

Principais destaques de 2007:

CRISE DA BOLHA IMOBILIÁRIA NOS EUA

A crise no mercado imobiliário dos EUA afetou o desempenho das bolsas de valores em todo o mundo neste ano e trouxe incertezas ao mercado financeiro. Há dúvidas sobre como essa crise afetará a maior economia mundial pelos próximos anos e quais serão os reflexos no Brasil.


DISPUTA SOBRE O GÁS NATURAL ENTRE A PETROBRAS E A BOLÍVIA

Desde que o governo boliviano nacionalizou o gás e o petróleo, a Petrobras vem travando uma disputa com o país. O presidente Evo Morales começou o ano arrancando um reajuste no preço do gás. Meses depois, também obrigou a empresa brasileira a vender ao governo boliviano suas duas refinarias no país.


SENADO REJEITA PROPOSTA QUE PRORROGA A CPMF E IMPOSTO ACABA ESTE ANO

O Senado rejeitou no dia 13 de dezembro a proposta de prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) até 2011. Com esse resultado, a incidência da CPMF sobre as movimentações financeiras termina em 31 de dezembro deste ano.


Fonte: G1


Escrito por Escrito por Jorge Tadeu às 02h36
[] [envie esta mensagem] []



Retrospectiva 2007: Pop & Arte

No mundo pop, 2007 foi definitivamente “o ano Harry Potter”. O bruxinho deixou a inocência para trás (em todos os sentidos) e retornou mais sombrio tanto nos cinemas, com “Harry Potter e a Ordem da Fênix”, quanto nas livrarias, com “Harry Potter e as insígnias da morte”, sétimo e derradeiro romance da série. Ainda no clima de despedidas, Sandy e Junior e Los Hermanos anunciaram separações – ou “hiato por tempo indeterminado”, como preferiram os integrantes da banda carioca.

Fora de cena (musical) há um bom tempo, a cantora Britney Spears promoveu o seu retorno de modo constragedor, com direito a bebedeiras, cabeça raspada, surra em paparazzo e uma briga judicial pela guarda dos filhos. Também foram parar na Justiça a patricinha Paris Hilton e o cantor Roberto Carlos, que moveu ação para tirar das estantes a biografia não-autorizada “Roberto Carlos em Detalhes”.

E, por fim, não dá para falar em caso de polícia sem lembrar de “Tropa de elite”. Maior fenômeno cultural do país no ano, o filme de José Padilha tomou de assalto as salas de cinema, as banquinhas de camelôs, a internet e até as casas de suíngue em 2007. E, em 2008, tem tudo para “pegar geral” também no exterior.

Principais destaques de 2007:

2007: O ANO HARRY POTTER

Lançado em julho sob enorme expectativa, o livro "Harry Potter e as insígnias da morte", sétimo e último da série, encerrou um ciclo na vida do bruxo adolescente criado pela britânica J.K. Rowling - e dos milhões de leitores em todo o mundo que acompanhavam a saga. Mas a "pottermania" esteve longe de acabar, graças ao lançamento do quinto filme da série, de um novo romance da autora e de uma polêmica - e surpreendente - declaração sobre a sexualidade de Dumbledore.
O FURACÃO 'TROPA DE ELITE'

A história de um atormentado capitão do Batalhão de Operações Policiais Especiais, grupo de elite da polícia do Rio de Janeiro, encontrou reflexo em todos os setores da sociedade brasileira e fez de "Tropa de elite" não só o filme nacional mais visto do ano mas também um dos mais elogiados pela crítica. Estrelado por Wagner Moura e dirigido por José Padilha (de "Ônibus 174"), o longa levantou discussões em todo o país sobre a violência urbana e a relação da classe média com o mundo da contravenção.

O ADEUS A PAULO AUTRAN

No dia 12 de outubro, o Brasil perdeu um de seus maiores atores: Paulo Autran. Ele estava com 85 anos e há anos vinha lutando contra um câncer no pulmão agravado pelo cigarro. Mesmo debilitado Autran continuou trabalhando até pouco antes de ser internado. Sua última peça foi "O avarento", sob direção de Felipe Hirsch. Diversos nomes da televisão e do teatro brasileiro prestaram homenagem ao ator.
Fonte: G1


Escrito por Escrito por Jorge Tadeu às 02h35
[] [envie esta mensagem] []



Retrospectiva 2007: Tecnologia e Games

O universo tecnológico teve um ano rico, se consideradas todas as áreas que apresentaram novidades. O ano começou com o lançamento do Windows Vista, da Microsoft, para usuários domésticos. A Apple também estreou seu novo sistema operacional (o Mac OS X 10.5, ou Leopard), mas ganhou mesmo destaque com o iPhone, que chegou às lojas dos EUA em junho e ganhou o título de invenção do ano concedido pela revista "Time".

O ano foi intenso para as redes sociais, que travaram uma batalha pela conquista dos usuários e acabaram se unindo na criação de uma plataforma única para a criação de aplicativos, o OpenSocial. Este foi o ano do Wii, que liderou as vendas de consoles e popularizou os games entre usuários casuais. Também em 2007 o Brasil viu a estréia da TV digital, um marco na forma de produzir, transmitir e assistir à televisão. E na área de inclusão digital, dezembro teve a última etapa do projeto "Um Computador por Aluno", para definir o laptop popular a ser adotado por escolas públicas em 2008.

Principais destaques de 2007:

NINTENDO VOLTA À DIANTEIRA COM O WII

Em seu primeiro ano de mercado, o Wii apresentou uma nova forma de jogar e causou reviravolta no setor. Em números, o Wii superou as vendas dos consoles concorrentes e recolocou a Nintendo como líder do setor de games, depois de anos do reinado Sony. Vendido por US$ 250, o console da Nintendo abriu vantagem diante de Xbox 360 (cerca de US$ 350, lançado em 2005) e PlayStation 3 (US$ 500). Lançado em novembro de 2006, o Wii atingiu a marca de 16 milhões de unidades vendidas no mundo.

IPHONE: CELULAR DA APPLE VIRA SONHO DE CONSUMO

O telefone celular multimídia da Apple foi lançado nos Estados Unidos no dia 29 de junho, levando milhares de pessoas às filas. Em setembro, a Apple anunciou ter vendido 1 milhão de aparelhos e também reduziu o preço do modelo de 8 GB (de US$ 600 para US$ 400), abandonando a produção do iPhone de 4 GB. O celular multimídia apareceu em novembro na capa da revista "Time" como a invenção do ano e também iniciou sua expansão para outros mercados, chegando a diversos países da Europa.


TV DIGITAL DE ALTA DEFINIÇÃO ESTRÉIA NO BRASIL

O dia 2 de dezembro teve o início das transmissões digitais na Grande São Paulo, marcando uma nova era na forma de produzir, transmitir e assistir à televisão. A estréia transmitida pelas redes de televisão aberta teve os discursos de Dilma Rousseff, ministra-chefe da Casa Civil, Hélio Costa, ministro das Comunicações, e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Também foram mostradas imagens de programas importantes na história da TV no Brasil. Neste primeiro momento, o principal impacto da novidade é a alta definição de imagens e de som.

Fonte: G1


Escrito por Escrito por Jorge Tadeu às 02h34
[] [envie esta mensagem] []



Retrospectiva 2007: Ciência e Saúde

É difícil achar quem não diga que 2007 foi o ano do aquecimento global. Não que grandes descobertas tenham sido feitas sobre esse tema no ano que passou. Muito pelo contrário, aliás, tudo que se ouviu sobre o assunto já era sabido havia anos pelos especialistas. Mas, desta feita, uma coisa realmente mudou: as pessoas começaram a prestar atenção e levar isso a sério. Desde o momento em que o presidente americano George W. Bush declarou guerra ao Protocolo de Kyoto, em 2001, nunca a tal "mudança climática" ficou tanto em evidência.
 
O sucesso de "marketing" da comunidade científica começou em 2 de fevereiro, quando o IPCC (Painel Intergovernamental para Mudança Climática, da ONU) apresentou a primeira parte de seu mais recente - e aterrador - relatório sobre as conseqüências do aquecimento global. A coroação do sucesso dos cientistas ao comunicar suas descobertas ocorreu em 12 de outubro, com a escolha do IPCC e do político americano Al Gore para o Prêmio Nobel da Paz de 2007. Apesar disso tudo, no plano da política, nada mudou. A conferência da ONU realizada em Bali, na Indonésia, em dezembro, sofreu sabotagem da delegação americana e fez muito pouco para atingir um consenso internacional no acordo que será o sucessor de Kyoto no combate à mudança climática.

Principais destaques de 2007:

O PRIMEIRO MUNDO HABITÁVEL FORA DO SISTEMA SOLAR

Era mais uma estrela comum, como tantas que existem em nossa Via Láctea. Mas ao redor dela havia o maior tesouro já encontrado pelos astrônomos: um planeta tão parecido com a Terra que poderia até mesmo abrigar vida. Essa conclusão espetacular foi à que chegou o grupo liderado pelo astrônomo Michel Mayor, do Observatório de Genebra, em anúncio feito em 24 de abril. E eles esperam que muitos mundos tão interessantes quanto esse sejam descobertos nos próximos anos.


24/04/2007 Grupo acha planeta extra-solar habitável
25/04/2007 "Acharemos gêmeo da Terra", diz astrônomo


MACACOS CLONADOS: A UM PASSO DA CLONAGEM HUMANA

Uma equipe americana conseguiu, ao extrair células de um macaco reso adulto, produzir com elas um embrião com o mesmo código genético do doador celular - um clone. Nunca antes um animal tão próximo do ser humano havia sido clonado. Mas os cientistas tranquilizam a todos: o embrião foi usado apenas para obter células-tronco embrionárias; não foi implantado num útero, onde poderia dar origem ao primeiro experimento bem-sucedido de clonagem reprodutiva de primatas.


Saiba mais:

14/11/2007 Cientistas fazem clone de macaco pela primeira vez

CÉLULAS-TRONCO EMBRIONÁRIAS, SEM EMBRIÕES

A maior controvérsia científica hoje é a que envolve o uso de células-tronco embrionárias em pesquisa. Isso porque é preciso destruir embriões para obtê-las. Mas dois grupos de cientistas, nos EUA e no Japão, parecem ter descoberto um meio de fazer o bolo e comê-lo também: conseguiram "reprogramar" células da pele de adultos para se comportar como embrionárias. Se for realmente tão bom quanto parece, o avanço poderá acabar de vez com o uso de embriões em pesquisa.


Saiba mais:



Escrito por Escrito por Jorge Tadeu às 02h32
[] [envie esta mensagem] []



Niemeyer, 100 anos

O arquiteto Oscar Niemeyer completou cem anos neste sábado (15) no Rio de Janeiro e fez uma festa na Casa das Canoas, projetada por ele e recentemente tombada pelo Iphan (Instituto Nacional do Patrimônio Histórico Nacional).

Niemeyer se tornou um símbolo da arquitetura moderna brasileira e deixou suas marcas nas principais cidades do país: São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba, Rio de Janeiro e arredores.

Brasília abriga, talvez, o conjunto de obras projetadas pelo arquiteto de maior expressão na mídia. Segundo a urbanista Raquel Rolnik, que morou na cidade, Niemeyer foi bem sucedido lá ao trabalhar com a linha do horizonte e estabelecer uma comunicação efetiva com a paisagem natural do Brasil central. Rolnik levanta tal característica como uma das grandes vantagens da arquitetura de Niemeyer, independentemente do local.

Comprometido com suas idéia, Niemeyer possui uma linha política de esquerda anunciada e bem definida há diversas décadas. Ele chegou a ter de se exilar nos anos 60, devido a ascensão dos militares ao poder no Brasil.

Clique aqui e conheça a cronologia do arquiteto.

Uma homenagem

Fonte de apoio: Folha de S.Paulo



Escrito por Escrito por Jorge Tadeu às 02h29
[] [envie esta mensagem] []



Fim da CPMF

No dia primeiro de janeiro, não haverá mais CPMF. O governo calcula que deixará de recolher R$40 bilhões. O fim da CPMF pode significar um ganho equivalente a cerca de 2% na renda do trabalhador e baratear o crédito. Fundamental, também, é a questão da credibilidade: até quando o "provisório" imposto para melhorar a saúde iria perdurar com seus recursos sendo direcionados para outras finalidades? Chegou ao fim mais um engodo que já vinha de governos anteriores.

Clique aqui e assista a reportagem do Jornal Nacional

 



Escrito por Escrito por Jorge Tadeu às 02h23
[] [envie esta mensagem] []



O Congresso ladeira abaixo

O senador Renan Calheiros arrancou do plenário do Senado a segunda absolvição da acusação de quebra do decoro parlamentar. Foram 48 votos pela absolvição, 29 a favor da cassação e quatro abstenções.

O placar foi, dessa vez, ainda mais generoso do que o que fora registrado em 12 de setembro, dia em que o senador escalou o cadafalso pela primeira: 35 votos pela cassação, 40 pela absolvição e seis abstenções.

 

Cumpriu-se, assim, o roteiro do acordo celebrado nos subterrâneos entre Renan e o governo. O placar elástico indica que o senador obteve votos também de senadores dos oposicionistas PSDB e DEM. Mas foram os votos do PMDB e do PT que asseguraram o perdão concedido ao senador.

 

Imagem do Congresso

 

A insistência com que o Congresso freqüenta o noticiário como uma instituição em que o retrocesso prevalece sobre o progresso, tem o seu preço. Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (4) informa que 45% dos eleitores consideram o Legislativo brasileiro ruim ou péssimo. Só 13% avaliam o trabalho de deputados e senadores como ótimo ou bom.

 

Em março de 2007, o mesmo Datafolha trouxera à luz pesquisa em que o naco da população que avaliava o Congresso como ruim ou péssimo era de 30%. A menção negativa escalou 15 pontos percentuais num período que coincide com a descoberta das estripulias do senador Renan Calheiros.

 

No curto intervalo de dez meses, o percentual dos que consideram o Congresso regular despencou de 46% para 37%. E o índice dos que vêem o Parlamento como ótimo ou bom caiu de 16% para 13%. Nesta terça-feira, às 15h, o plenário do Senado reúne-se para julgar, pela segunda vez, o presidente licenciado da Casa.

 

Fonte e imagem: Folha de S.Paulo



Escrito por Escrito por Jorge Tadeu às 14h23
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]





Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Spanish
MSN - jorgetadeu7@hotmail.com



Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
A História Real do Acidente com o Fokker 100 da TAM
Desastres Aéreos - Air Disaster
Blog do Jorge Tadeu (Blogger)
Bola n@ Área - O Arquivo do Futebol
Poemas e Poesias
Humor, Muito Humor
Notícias sobre Aviação
Jorge Tadeu - UOL Sites
Imagens e Vídeos Interessantes
Fique por Dentro